Carregando

Somos fluídicos, irrequietos, às vezes, mais densos, às vezes, translúcidos e vaporosos. Adaptamo-nos a partir dos desafios que temos a frente, sem jamais sermos outros que não nós. Independente da empresa que temos pela frente somos a matéria que a torna repleta. Em alguns momentos somos firmes, sólidos, como as estruturas que desenhamos para perdurar e serem símbolo de confiança ao nosso cliente. Por vezes somos líquidos e fluídicos, transparentes, orgânicos conferindo vida a cada espaço e nos adaptando com precisão ao recipiente do sonho. Mas também temos a audácia do vapor, que não se pode encerrar e seu destino inevitável é a expansão. Um estúdio de arquitetura com características fluídas como estas, não poderia se adaptar a uma simples identidade que os escondesse, ou fosse mais um em um mar de aridez. O nome e a identidade precisavam ser complementos sensíveis para os diversos estados que o fluído da arquitetura os transforma. Afinal, a água é necessária para a criação. Sem ela, resta o deserto.

Para delimitarmos o nome, partirmos a uma pesquisa sobre a água e confirmamos o que pensávamos. Imprescindível para a existência da vida no planeta, em todas as esferas em que se faz presente: floresce, é criativa, é mutante. É capaz de suportar pressões gigantescas e mesmo assim manter a característica fluídica. O ser humano é constituído de 65% de água, o planeta, 71%. E dentre as localidades que são mais influenciadas pela água temos a cultura havaiana. Caracterizada por um idioma fluídico em decorrência da influência do oceano que o abraça por todos lados. É um lugar que reverencia o poder da água, a imensidão criativa e também as obras da arquitetura natural, uma das que sempre existiram, como a onda. Uma obra arquitetônica advinda diretamente do oceano.

Para escolhermos o nome, buscamos a união da palavra Moana, que significa oceano no idioma e a palavra wai, cujo significado é água. Ao unirmos as duas palavras chegamos ao nome Mowa. Mowa é uma união de duas palavras que advém de uma cultura temperada pelo oceano e que carrega na sua sonoridade a arquitetura das águas. Mesmo suave e fluídico, o nome carrega a força que a água tem em todos os seus estados. Mowa tem como objetivo ser o nome de um estúdio único, sem precedentes. Mas que seja próximo, acessível e orgânico. Mowa é fluído, assim como todos somos, mas carrega em sua sonoridade a força advinda do elemento primordial. Mowa, por fim é a personificação do elemento formado por todos que criam.

Mowa Arquitectura, nome atribuído e marca registrada, é a evolução do escritório Marcos Benedetti Arquitectura, que foi inaugurado em 11 de outubro de 2011, pelo então empresário individual Marcos Benedetti. Com o passar dos anos, houve a necessidade de crescer. Neste contexto, surge Mowa Arquitectura, que atualmente conta com quatro sócios arquitetos e urbanistas: Marcos Benedetti, Rômulo Riehs, Eduardo Cariolato e Cristofher Fidélis.

Marcos Benedetti Foto

Marcos Benedetti

Nascido uruguaio, brasileiro de coração e apaixonado pelo mundo. Iniciou a graduação em Arquitetura e Urbanismo no Uruguai na Universidad de la República, finalizando-a na Universidade Luterana do Brasil – Campus Santa Maria, tendo dado sequencia aos estudos na Universidade Federal de Lavras, onde cursou a Especialização em Paisagismo e Plantas Ornamentais, e na Universidade Federal de Santa Maria, por meio do curso de Mestrado em Engenharia Civil e Preservação Ambiental, retornando à Universidade Luterana do Brasil na qualidade de docente.

Romulo Riehs Foto

Rômulo Riehs

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Franciscana no ano de 2015. Possui experiência como arquiteto de projetos em edificações de pequeno e grande porte ao lado de construtoras renomadas em Porto Alegre e região. Participou como coordenador de projetos pioneiros na utilização de plataforma BIM em todas as disciplinas de projeto, garantindo eficiência e resultado.

Eduardo Cariolato

Eduardo Cariolato

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Franciscana no ano de 2018, tendo em sua experiência acadêmico-profissional um intercâmbio na Europa e uma grande paixão por maquetes virtuais, fotorrealismo e vídeos arquitetônico.

Cristofher Fidélis

Cristofher Fidélis

Natural de Uruguaiana, é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – Campus Santiago, é arquiteto de formação e designer gráfico por curiosidade, interesse e experiência. Apaixonado por cada detalhe da arquitetura de interiores.

Equipe MOWA Foto

MISSÃO MOWA

Almejamos ser reconhecidos pela audácia em ajudar a concretizar sonhos dos nossos clientes, convictos da solução funcional proposta e comprometidos com a excelência em todos os detalhes, respeitando nossos colaboradores e o meio ambiente, pensando abertos para a inovação.

VISÃO MOWA

Sermos reconhecidos por saber ouvir, fazer e encantar.

VALORES MOWA

ÉTICA – é a verdade acima de tudo

PAIXÃO – pelo nosso trabalho, com os relacionamentos internos, clientes e sociedade

RESULTADO – e a busca permanente pela inovação

SATISFAÇÃO DO CLIENTE – é surpreender nosso cliente em todos os momentos

HUMILDADE – reconhecer nossos limites

PARCERIAS – pensando no coletivo e estreitando as relações com nossos fornecedores

LEALDADE – é o compromisso com a transparência nas relações

Siga-nos no Instagram