Carregando

Residência J15

Residencial

CLIENTE

-

LOCAL

Santa Maria

COMPLETADO EM

2016

Compartilhar momentos de comemorações com a família e amigos foi a principal característica que levou a pensar na funcionalidade desta residência. Grandes ambientes sociais integrados e, ao mesmo tempo atingindo o uso desejado, foram as premissas projetuais aliadas ao desafio dos limites do terreno.
 
O lote J15 possui delimitações atípicas, na frente 23 metros de fachada e aos fundos 8 metros o que conforma uma figura triangular. Após realizado o levantamento desta área iniciou-se os processos de elaboração projetual pelos arquitetos e urbanista Marcos Benedetti e Ana Caroline Farias.
 
No térreo, ambientes sociais, salas de refeições e estar, cozinha, churrasqueira e acesso a área de lazer, todos possuem uma comunicação visual e funcional, flexibilidade atribuída por grandes vãos através de portas janelas, que além de contribuir para a iluminação natural e ventilação cruzada entre ambiente interno-externo, proporcionam sensações de liberdade inigualáveis, principalmente a oportunidade de vivenciar experiências com o paisagismo projetado.
 
Desta forma, o setor social, foi configurado na base da residência, possuindo uma composição formal em barra horizontal no sentido transversal do terreno, ou seja, completa toda largura do mesmo, de divisa a divisa entre os vizinhos. Já, o volume superior, estabelecido para o setor íntimo, foi concebido em um volume branco, denso e fechado, apoiado perpendicularmente, sobre o inferior, destacando-se pelo seu astuto balanço frontal.
 
O grande balanço frontal, apoia-se sobre um plano de tijolos maciços, projetada estrategicamente para anular a curvatura frontal do terreno, e caracterizar a imponência do acesso principal, permitindo experimentar as sensações de descoberta logo que se adentra a residência.
 
Simetria (composição formal na arquitetura estabelecida por duas partes iguais e idênticas delimitadas por um eixo central). Este foi o traço que definiu a residência J15, um eixo principal, o do acesso, para isso, ele deveria ser importante, icónico e representar a hierarquia compositiva desta casa, afirma o arquiteto e urbanista Marcos Benedetti.
 
Interiormente os espaços possuem uma ambiência única, a sala de estar e jantar possuem como revestimento inferior um lindíssimo porcelanato nas dimensões de 90x90, contribuindo para ampliar o ambiente. O projeto luminotécnico elaborado pela arquiteta e urbanista Ana Caroline Farias permite a vivência dos espaços com diferentes cenas de iluminação em qualquer ambiente, já que cada um deles tem inúmeros efeitos de iluminação.
 
“Pensar a casa para a vivência dos seus moradores é o nosso principal objetivo, as principais características que permeiam nossos inúmeros projetos residências e de interiores está diretamente ligado aos anseios de nossos clientes, seja pela linguagem, pelo desejo construtivo ou pela capacidade que temos em sermos além de profissionais, pessoas que amamos o que fazemos. ”
- Marcos e Carol.

detalhes do projeto

Compartilhar momentos de comemorações com a família e amigos foi a principal característica que levou a pensar na funcionalidade desta residência. Grandes ambientes sociais integrados e, ao mesmo tempo atingindo o uso desejado, foram as premissas projetuais aliadas ao desafio dos limites do terreno.
 
O lote J15 possui delimitações atípicas, na frente 23 metros de fachada e aos fundos 8 metros o que conforma uma figura triangular. Após realizado o levantamento desta área iniciou-se os processos de elaboração projetual pelos arquitetos e urbanista Marcos Benedetti e Ana Caroline Farias.
 
No térreo, ambientes sociais, salas de refeições e estar, cozinha, churrasqueira e acesso a área de lazer, todos possuem uma comunicação visual e funcional, flexibilidade atribuída por grandes vãos através de portas janelas, que além de contribuir para a iluminação natural e ventilação cruzada entre ambiente interno-externo, proporcionam sensações de liberdade inigualáveis, principalmente a oportunidade de vivenciar experiências com o paisagismo projetado.
 
Desta forma, o setor social, foi configurado na base da residência, possuindo uma composição formal em barra horizontal no sentido transversal do terreno, ou seja, completa toda largura do mesmo, de divisa a divisa entre os vizinhos. Já, o volume superior, estabelecido para o setor íntimo, foi concebido em um volume branco, denso e fechado, apoiado perpendicularmente, sobre o inferior, destacando-se pelo seu astuto balanço frontal.
 
O grande balanço frontal, apoia-se sobre um plano de tijolos maciços, projetada estrategicamente para anular a curvatura frontal do terreno, e caracterizar a imponência do acesso principal, permitindo experimentar as sensações de descoberta logo que se adentra a residência.
 
Simetria (composição formal na arquitetura estabelecida por duas partes iguais e idênticas delimitadas por um eixo central). Este foi o traço que definiu a residência J15, um eixo principal, o do acesso, para isso, ele deveria ser importante, icónico e representar a hierarquia compositiva desta casa, afirma o arquiteto e urbanista Marcos Benedetti.
 
Interiormente os espaços possuem uma ambiência única, a sala de estar e jantar possuem como revestimento inferior um lindíssimo porcelanato nas dimensões de 90x90, contribuindo para ampliar o ambiente. O projeto luminotécnico elaborado pela arquiteta e urbanista Ana Caroline Farias permite a vivência dos espaços com diferentes cenas de iluminação em qualquer ambiente, já que cada um deles tem inúmeros efeitos de iluminação.
 
“Pensar a casa para a vivência dos seus moradores é o nosso principal objetivo, as principais características que permeiam nossos inúmeros projetos residências e de interiores está diretamente ligado aos anseios de nossos clientes, seja pela linguagem, pelo desejo construtivo ou pela capacidade que temos em sermos além de profissionais, pessoas que amamos o que fazemos. ”
- Marcos e Carol.

Deixe o MOWA lhe ajudar com seu projeto.

Entre em contato conosco e veja o que podemos transformar pra você.

MANDE UMA MENSAGEM